#cap1 #cap2 #cap3 #cap4 #cap5 #cap6 #cap7
.  

TJ / RJ

Concurso TJ-RJ: edital com 100 vagas sai até janeiro', diz presidente

21/08 - O concurso TJ-RJ para a área de apoio terá 100 vagas imediatas e edital publicado em dezembro ou janeiro de 2020. O anúncio foi feito pelo presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, desembargador Claudio de Mello Tavares, em entrevista exclusiva à FOLHA DIRIGIDA nesta terça-feira, dia 20.

"O edital deverá ser publicado dezembro ou, no máximo, em janeiro. O concurso (as provas) será realizado no primeiro semestre de 2020", revelou o presidente do TJ-RJ, que também confirmou a oferta de vagas e os cargos contemplados na seleção.

De acordo com o titular do tribunal, serão oferecidas 100 vagas imediatas, distribuídas pelos cargos de técnico judiciário sem especialidade (nível médio) e analistas sem especialidade (para formados em Direito, Administração, Contabilidade ou Economia) e de várias áreas específicas.

São elas: Execução de Mandados (formados em Direito), Psicologia, Assistente Social, Comissário da Infância,

Juventude e Idoso (formados em Administração, Serviço Social, Sociologia, Psicologia, Pedagogia ou Direito), Medicina e Análise de Sistemas.

"Cerca de 100 vagas serão distribuídas entre as carreiras de técnico e analista. A distribuição ainda está em estudo", completou o presidente.

A remuneração do técnico, de nível médio, é de R$5.556,06, sendo composta por vencimento de R$3.870,06, auxílio alimentação de R$1.290 e auxílio-locomoção de R$396 (R$18 por dia útil, considerando 22 dias úteis).

Já o rendimento do analista é de R$8.059,89, sendo R$6.373,89 de salário-base, R$1.290 de auxílio-alimentação e R$396 de auxílio-locomoção (R$18 por dia útil, considerando 22 dias úteis).

A exceção é o analista de execução de mandados, com ganhos de R$9.072,05, já que recebe também a Gratificação de Atividade Externa (GAE). Esta representa 30% sobre o vencimento oferecido ao cargo (R$1.912,16).

Além da boa remuneração, os servidores do TJ-RJ têm estabilidade empregatícia, garantida pelo regime estatutário de contratação. O tribunal oferece ainda plano de saúde e auxílios-creche ou educação, no valor de R$1.238,11.

Os selecionados no concurso TJ-RJ serão lotados na sede ou nas comarcas do TJ-RJ, distribuídas por todo o estado. O anúncio vem após o fim da validade do concurso para técnico, de nível médio, o que aconteceu na última segunda feira, dia 19. Sem esta seleção válida, o TJ-RJ não pode mais convocar aprovados para a carreira no caso de saídas de servidores. Novas admissões só podem ser feitas por meio de um novo concurso público. Já a seleção para analistas das áreas específicas perderá validade em 7 de outubro. No caso do analista sem especialidade não há concurso válido.

Além das 100 vagas, TJ-RJ formará cadastro de reserva

Seguindo tradição, o TJ-RJ formará cadastro de reserva, além de oferecer vagas imediatas no seu concurso. E a expectativa é de bom aproveitamento dessa lista de aprovados tendo em vista as aposentadorias. Hoje, de acordo com o diretor de Gestão de Pessoas do tribunal, Gabriel Albuquerque Pinto, a média é de 20 aposentadorias por mês. Se isso se mantiver durante o prazo de validade do concurso (dois anos, podendo chegar a quatro), seriam 960 contratações, sendo 860 de aprovados em cadastro de reserva.

"Essa perspectiva, no entanto, leva em consideração as regras atuais da Reforma da Previdência. No caso dela atingir os estados e trazer mudanças, o futuro é incerto para nós", explicou o diretor, que também conversou com a FOLHA DIRIGIDA nesta terça, 20. Embora o TJ-RJ não tenha definido ainda a distribuição das 100 vagas pelos cargos do concurso, já é possível prever uma boa oferta de oportunidades para o técnico, de nível médio. Isso porque, de acordo com o diretor de Gestão de Pessoas do tribunal, recente Programa de Aposentadoria Incentivada no tribunal gerou 333 saídas, sendo 100 de técnicos.

"Todavia, o maior número de aposentadorias está concentrado na carreira de analista, por ter um corpo de servidores mais envelhecido. Neste caso, porém, as saídas estão distribuídas pelas diversas especialidades", ponderou Gabriel Albuquerque Pinto.

Hoje, de acordo com dados de abril do Portal de Transparência do tribunal, há 3.565 cargos vagos, sendo 858 de técnico e 2.707 de analistas. Se considerar, no entanto, cada área de analista, o técnico se sobressai em número de vacâncias.

Sobre o Regime de Recuperação Fiscal do estado atrapalhar ou não as convocações, o presidente explicou que isso não acontece, já que as aposentadorias seguem acontecendo.

"A norma de recuperação não atrapalha em nada, porque, como estão acontecendo aposentadorias, a tendência é elas continuarem, ainda mais com a proximidade da Reforma da Previdência. Em caso de aposentadoria, nós podemos preencher as vagas. Acredito que aconteça como no concurso passado: preenchimento das vagas previstas no edital e chamada de excedentes. Isso, porém, vai depender de cargos vagos e orçamento para preenchê-los", esclareceu.

No concurso de 2014, o TJ-RJ convocou mais de 800 aprovados até o momento - pode convocar mais, já que o concurso de analista está válido até 7 de outubro.

______________________________________________________________________________________________

Concurso TJ-RJ 2019: presidente confirma edital este ano

12/06 - O concurso TJ-RJ sairá em 2019. A informação é do presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), desembargador Claudio de Mello Tavares. De acordo com o titular do tribunal, o edital do concurso público será lançado ainda neste ano de 2019. A seleção é voltada ao preenchimento de vagas na área de apoio.

A informação foi passada por Tavares ao jornal O Fluminense. O magistrado disse que a discussão da reforma da Previdência provocou a aposentadoria de aproximadamente 600 servidores, o que causou um déficit de mão de obra no Judiciário.  “A nossa perspectiva é a de abrir um novo concurso ainda neste ano. Dependemos da publicação do edital, da contratação da empresa para elaborar as provas, mas estamos otimistas. Evidente que vai depender do nosso orçamento, mas, como temos pessoas que estão se aposentando, precisamos fazer", afirmou o presidente.

No começo deste ano, o TJ-RJ nomeou 300 aprovados em um concurso público realizado em 2014. “Esse foi o primeiro passo fundamental, porque estava para expirar", explicou o desembargador. A decisão, apontou Tavares, foi para atenuar o que chamou de "vazio" causado pelas aposentadorias.

Na última convocação realizada em maio, foram chamados 109 novos serventuários, entre técnicos e analistas como oficiais de justiça, assistentes sociais e psicólogos.

De acordo com o presidente, a Lei de Recuperação Fiscal do Estado provocou um sobrestamento no orçamento, o que impediu novas convocações. O magistrado argumenta que um novo concurso vai equalizar o quadro de servidores do Judiciário.

Chances deverão ser nos níveis médio e superior

O número de vagas do novo concurso TJ-RJ ainda não foi informado. No entanto, é provável que o tribunal contemple as mesmas carreiras do concurso de 2014. Na época, foram oferecidas 208 vagas, sendo 90 para técnico judiciário e 118 para analista.

A carreira de técnico judiciário exige apenas nível médio e tem remuneração inicial de R$5.100,06, sendo R$3.870,06 de vencimento-base e R$1.230 de auxílio-alimentação.

Para concorrer a analista judiciário nas especialidades de execução de mandados/oficial de justiça é preciso ter graduação em Direito. O cargo de comissário de justiça é aberto a formados em Administração, Serviço Social, Sociologia, Psicologia, Pedagogia ou Direito.

Já para assistente social e psicólogo, exige-se curso superior nas respectivas áreas. A remuneração é de R$7.603,89 para analista. A exceção é o oficial de justiça, que recebe R$9.516,06 (há inclusão de R$1.912,17 de auxílio-locomoção).

Os valores já estão acrescidos do auxílio-alimentação de R$1.230. A estabilidade empregatícia é assegurada aos servidores do TJ-RJ graças ao regime de admissão, que é o estatutário.

______________________________________________________________________________________________

FONTE: FOLHA DIRIGIDA 

 

Nome:
Senha:
 
 

Concurso MP RJ 2019: saiu edital para os nív

Concurso PRF: Bolsonaro autoriza a chamada de mil aprovados

<