#cap1 #cap2 #cap3 #cap4 #cap5 #cap6 #cap7
.  

POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL

PRF: diretor da corporação confirma novo edital

Novo concurso PRF (Polícia Rodoviária Federal) aguarda aval para o preenchimento de 2.772 postos. Novo curso de formação em 2022, segundo Bolsonaro

28/07 - Quem pretende participar do aguardado concurso PRF (Polícia Rodoviária Federal)  tem bons motivos para intensificar os estudos. Acontece que, no último sábado, 25 de julho, o diretor-executivo da corporação, José Lopes Hott Júnior, por meio de rede social, confirmou que todos os procedimentos da nova seleção, incluindo  autorização, publicação de edital e aplicação de provas, deve ocorrer até meados do próximo ano. De acordo com ele, isto não entra em contradição com a recente declaração do presidente Jair Bolsonaro de que o próximo curso de formação está previsto para 2022. "Quando apresentamos esse pedido de concurso ao Ministério da Economia, apresentamos também um cronograma. Esse cronograma, porém exige autorização e edital até 2021.Isso para que exista algo próximo entre 450 a 500 dias a depender da época do ano em que se autorize. Considerando a primeira turma do novo concurso em janeiro de 2022, a gente começa a fazer uma contagem regressiva para entender quando é que teríamos que soltar o edital. Claro que isso depende do Governo Federal", disse.  Novas informações devem ser confirmadas em breve.

Ainda de acordo com ele, a previsão de nomeações em 2022 tem como base a lei complementar 173, que restringe as contratações, no governo federal, até dezembro de 2021, no sentido de manter a sanidade financeira durante a crise da Covid- 19.  Ressalta, ainda, que o interesse do governo é suprir as carências da PRF até o final do atual governo.

Durante evento para comemoração de 92 anos da PRF, na última sexta, 24 de julho, Jair Bolsonaro se colocou à disposição de atender às demandas necessárias, o que pode incluir o novo edital. De acordo com ele, no que depender de decretos, por parte do presidente, e de portarias, por parte do ministro Mendonça (ministro da justiça e segurança pública, André Luiz de Almeida Mendonça), e de instruições normativas, por parte do diretor-geral da PRF, Eduardo Aggio, "não haverá restrições". Segundo ele, "Estamos à disposição. À medida do possível, atenderemos todos vocês". Segundo Bolsonaro, quando questioado por um apoiador, o próximo curso de formação da PRF deve ocorrer em 2022. Desta forma, a publicação do edital deve ocorrer, no mais tardar, até 2021. 

A intenção é de que o novo concurso seja para o preenchimento de 2.772 vagas, sendo 2.634 para o cargo de policial rodoviário e 138  para a carreira de agente administrativo. A confirmação depende apenas de um aval por parte do Ministério da Economia.Novas informações devem ser anunciadas em breve

FONTE: JC CONCURSOS 

________________________________________________________________________

Concurso PRF: diretor confirma novo edital ainda neste semestre

Além das 2.634 vagas de policial rodoviário, o pedido de novo concurso PRF (Polícia Rodoviária Federal) também inclui 138 postos de agente, de nível médio, somando 2.772 postos

26/06 - Quem pretende participar do novo concurso PRF (Polícia Rodoviária Federal) deve intensificar os estudos. Acontece que o novo diretor-geral da corporação, Eduardo Aggio de Sá, em resposta ao questionamento de candidatos, em rede social, disse que a intenção é publicar o edital de abertura de inscrições ainda este ano. Além disso, ressaltou que a próxima seleção deverá abranger todos os estados do país.  

A corporação enviou pedido ao Ministério da Economia para o preenchimento de 2.772 vagas, sendo 2.634 para o cargo de policial rodoviário e 138  para a carreira de agente administrativo.

Para ingressar na carreira policial rodoviário é necessário possuir  nível superior em qualquer área de formação, além de carteira de habilitação a partir da categoria “B”. A remuneração inicial do cargo é de R$ 10.357,88, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458,00. 

No caso de agente administrativo, a exigência é apenas de  ensino médio, com remuneração inicial de R$ 4.022,77, já incluindo o auxílio-alimentação, também com 40 horas semanais.

De acordo com o presidente da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF), Deolindo Carniel, a instituição conta com uma promessa do governo de promover novos certames para a instituição anualmente até 2022, com oferta de mil vagas cada. De acordo com o sindicalista, o objetivo é contar com 13.098 policiais rodoviários até o final do governo Jair Bolsonaro. Porém, as 1.000 vagas que deveriam ser oferecidas em 2019 não foram disponibilizadas, o que reforça a possibilidade de aprovação das 2.634 solicitadas.

O presidente Jair Bolsonaro disse, em 2019, que o órgão deveria ser uma exceção dentro da política de contenção de contratação de servidores anunciada na ocasião pelo ministro da economia, Paulo Guedes.  "Paulo Guedes determinou que poucas áreas terão concurso, porque não tem como pagar mais. O problema é esse. A gente até gostaria, em uma área ou outra. Abri uma exceção para a Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal", disse o presidente.

Vale ressaltar que declarações do Ministro Paulo Guedes tem ido contra a liberação de novos concursos públicos. No entanto, a segurança pública e o policiamento federal tem sido o foco do atual governo federal, sempre defendido pelo atual presidente Bolsonaro

Além disso, a lei complementar 173 de 2020, que suspende a realização de concursos durante a crise de saúde ocasionada pelo Coronavírus, prevê a possibilidade eventual de contratações, desde que apenas para reposição de pessoal, como é o caso da PRF, tendo em vista que as reposições não acarretam em aumento da folha de pagamento. 

A corporação  conta com uma defasagem de aproximadamente 3 mil servidores, podendo chegar a 5 mil em 2022. 

 

FONTE: JC CONCURSOS 

 

Nome:
Senha:
 
 

PRF: diretor da corporação confirma novo edital

Paulo Guedes altera critérios para autorização de concursos f