#cap1 #cap2 #cap3 #cap4 #cap5 #cap6 #cap7
.  

BANCO DO BRASIL

Concurso Banco do Brasil: edital para escriturário tem nova previsão

05/03 - O edital do concurso Banco do Brasil (BB) para o cargo de escriturário, que já está em elaboração, poderá sofrer um pequeno atraso, sendo divulgado em abril e não mais em março, conforme previsão anterior.

Segundo fonte do alto escalação do BB, algumas questões burocráticas precisam ser resolvidas antes da abertura da seleção, o que poderá inviablizar a sua realização ainda este mês, conforme estava programado.

Apesar disso, a fonte garantiu que o concurso está confirmado. Ela, no entanto, não informou a oferta de vagas e a organizadora da seleção. Indagado se as provas serão aplicadas no primeiro ou segundo semestre, a informação passada foi a de que “o cronograma ainda está sendo elaborado”.

A expectativa é que o BB possa anunciar, nos próximos dias,  a distribuição das vagas pelos estados, bem como a instituição que irá aplicar as provas. As últimas seleções para o banco vêm sendo organizadas pela Fundação Cesgranrio, o que a torna favorita para ficar à frente deste novo certame.

Concurso Banco do Brasil será nacional

O que se sabe até o momento é que o concurso terá abrangência nacional. O cargo que escriturário exige apenas o nível médio e tem remuneração inicial de R$4.036,56 mensais, já incluindo auxílios-refeição e alimentação.

FONTE:  FOLHA DIRIGIDA

________________________________________________________________________________

Concurso Banco do Brasil 2020 é confirmado pela instituição

07/02 - O próximo concurso Banco do Brasil foi confirmado pela Assessoria de Imprensa da instituição. Em resposta à FOLHA DIRIGIDA, na última terça-feira, dia 4, a assessoria informou que o “banco estuda lançar um concurso público” ainda este ano.

No entanto, segundo informações obtidas junto a uma fonte do alto escalação da empresa, os preparativos já estão bastante adiantados e a organizadora, inclusive, já foi escolhida e elabora o edital, com previsão de divulgação em março.

Segundo a Assessoria de imprensa do BB, o plano é contratar escriturários para a área de tecnologia. Apesar disso, é possível sim que o banco também inclua vagas para o escriturário generalista, aquele com o perfil mais tradicional, com atuação em atividades bancárias/administrativas.

Independentemente do perfil de escriturário que o BB procura, uma coisa é certa: o cargo de escriturário tem como requisito apenas o nível médio. Não há necessidade de curso técnico e muito menos formação superior para participar, o que torna a seleção bastante atrativa.

“O concurso para o Banco do Brasil é uma grande oportunidade para os jovens que buscam o primeiro emprego e para aqueles que não querem mais trabalhar na iniciativa privada, pois a instituição oferece um bom salário, uma série de benefícios e, sobretudo, a possibilidade de crescimento profissional. O melhor de tudo: basta ter o nível médio para concorrer”, disse Ricardo Pietro, especialista na área de concursos.

As atribuições do escriturário generalista (tradicional) e o da área de tecnologia são as mesmas, conforme consta nos editais de 2015 e 2018: comercialização de produtos e serviços do BB, atendimento ao público, atuação no caixa (quando necessário), contatos com clientes, prestação de informações aos clientes e usuários.

Também redação de correspondências em geral; conferência de relatórios e documentos; controles estatísticos; atualização/manutenção de dados em sistemas operacionais informatizados; execução de outras tarefas inerentes ao conteúdo ocupacional do cargo, compatíveis com as peculiaridades do BB.

O que diferencia basicamente o concurso para escriturário tradicional (generalista) do escriturário com foco na área de tecnologia é o programa e o peso dado às disciplinas. Ou seja, independentemente do programa, as habilidades e competências requeridas aos concorrentes às vagas são absolutamente as mesmas.

Comparando-se os conteúdos dos concursos de 2015 (último para escriturário tradicional) e o de 2018 (escriturário da área de tecnologia), percebe-se que no segundo edital houve a inclusão da disciplina de Probabilidade e Estatística e a exclusão as matérias de Cultura Organizacional, Técnicas de Vendas e Atendimento. 

Outro fator importante é que o conteúdo de Informática tornou-se mais amplo. Além disso, foi feita uma outra distribuição do número de questões por disciplinas.

FONTE: FOLHA DIRIGIDA 

_________________________________________________________

Edital para escriturário sai em março

30/01 - Já está em elaboração o edital de um novo concurso Banco do Brasil (BB) para escriturário. O cargo exige o nível médio e tem uma remuneração inicial de R$4.036,56. A informação foi passada à FOLHA DIRIGIDA nesta quarta-feira, dia 29, por uma fonte do BB. Segundo ela, a organizadora da seleção já foi escolhida, porém o nome não foi revelado. A previsão é que a seleção seja aberta em março.

A fonte não citou qual será a oferta de vagas, mas disse que o concurso terá amplitude nacional, abrangendo diversos estados do país, incluindo o Rio de Janeiro.

Oficialmente, o banco desconversa. Procurada pela FOLHA DIRIGIDA, inicialmente, a Assessoria de Imprensa do BB disse que não havia previsão para abertura de concurso. No entanto, em um segundo momento, o setor não confirmou e nem negou que a instituição esteja preparando um novo processo seletivo, limitando a dizer que a divulgação de informações sobre novos concursos depende de autorização do Conselho Diretor.

Vale destacar que em 2015 e 2018, quando o BB abriu concursos, o setor de Comunicação também não confirmou, em um primeiro momento, que o banco preparava os editais. A informação só foi divulgada oficialmente próxima à abertura das seleções.

O escriturário recebe R$4.036,56 mensais, valor que já inclui os auxílios-refeição e alimentação, para carga de 30 horas por semana.

Mas não para por aí. O contratado ainda tem direito a:

- Auxílio-transporte (variável de acordo com a localidade do funcionário);

- Participação nos lucros (geralmente, paga duas vezes ao ano)

- Plano de saúde e odontológico;

- Previdência privada com participação do banco;

- Auxílio creche/babá

- Auxílio ao filho com deficiência; e

- Possibilidade de ascensão profissional.

Vagas devem ser para o "escriturário tradicional"

Ao que tudo indica, o novo concurso será para o “escriturário tradicional”, aquele que desempenha atividades amplas, tanto bancárias como administrativas. A última seleção com esse perfil aconteceu em 2015 e abrangeu apenas estados do Nordeste.

Em 2018, o BB abriu um concurso para escriturário, porém o perfil de profissional exigido era para a área de Tecnologia da Informação, embora o edital não informasse isso.

No entanto, a baixa oferta de vagas (60, sendo 30 imediatas e 30 em cadastro), limitada a apenas três cidades (Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal), e um número grande de questões de Informática (em detrimento a Conhecimentos Bancários) evidenciavam que a seleção não se tratava do “escriturário tradicional”.

O BB praticamente não possui concurso em validade para o "escriturário tradicional" em quase todos os estados. No Rio de Janeiro, por exemplo, a última seleção ocorreu em 2013, com organização da Fundação Carlos Chagas. Depois, o banco divulgou outros editais, abrangendo alguns estados, mas com as provas sendo aplicadas pela Fundação Cesgranrio.

 

 

FONTE: FOLHA DIRIGIDA 

 

 

 

Nome:
Senha:
 
 

Correios selecionam 4.462 mil jovens aprendizes em todo o país


Editais podem sair ainda em 2020

No que depe