#cap1 #cap2 #cap3 #cap4 #cap5 #cap6 #cap7
.  

INSS

Concurso INSS 2019: superintendente do Piauí fala de autorização

"O concurso INSS está autorizado", revelou o superintendente do Instituto Nacional do Seguro Social no Piauí, Ney Ferraz.

05/ 02 - O superintendente do Instituto Nacional do Seguro Social no Piauí, Ney Ferraz, informou que o concurso INSS 2019 está autorizado. Segundo ele, são esperadas 17 mil vagas, distribuídas por todo o país.

Apesar das declarações do superintendente, a portaria autorizativa do concurso do INSS ainda não foi publicada no Diário Oficial da União. Ou seja, o aval oficial ainda não foi concedido. Na entrevista, o superintendente também deu previsões para que o INSS abra a seleção.

"Creio que até o final deste semestre (até junho) já deva estar lançado o edital, tanto para a Assistência Social e serviços meio (técnicos e analistas), quanto para médicos peritos", confirmou.

As declarações de Ferraz foram dadas, após o dirigente ter sido questionado sobre o grave dé􀃒cit de pessoal nas agências da Previdência do estado. O INSS ainda não se pronunciou oficialmente sobre as informações.

O pedido de concurso do INSS, sob análise do governo desde 2017, é para 7.888 vagas, sendo 3.984 para técnicos, 1.692 para analista e 2.212 para peritos.

Entretanto, neste pedido, o INSS aguardava também a liberação para convocar excedentes do concurso de 2015. O total, portanto, era de 16.548 vagas.

Como a seleção de 2015 teve validade encerrada em agosto de 2018, é possível que o governo tenha realocado essas vagas para um novo edital, totalizando as quase 17 mil mencionadas pelo superintendente.

Essas informações, contudo, ainda não foram esclarecidas, nem pelo INSS, nem pelo Governo Federal. 

No início de 2019, o pedido de concurso INSS teve novas movimentações e chegou à assessoria parlamentar. Antes, foi concluída na Divisão de Concursos Públicos.

A falta de concursos e de servidores no instituto reflete  diretamente nos atendimentos prestados à população, como a concessão de benefícios.

________________________________________________________________________

Protocolo do concurso INSS tem movimentações. Pedidas 7.888 vagas

11/01 - No dia 7 de janeiro, o pedido de autorização do concurso para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) teve movimentações no Ministério da Economia. A pasta absorveu as funções do antigo Ministério do Planejamento, responsável pela autorização de concursos federais.

A solicitação de novo edital para o INSS com 7.888 vagas foi concluída na Divisão de Concursos Públicos. Ainda no dia 7 de janeiro, foi recebida na Assessoria Parlamentar do Gabinete do Ministro.

No site do Protocolo Integrado, é possível ver que os avanços ainda constam nos setores internos do Ministério do Planejamento.

A FOLHA DIRIGIDA questionou a Assessoria de Imprensa do Planejamento nesta quinta-feira, 10. Perguntou se a solicitação do concurso continua em análise, já que o Ministério foi extinto pelo governo de Jair Bolsonaro. Suas funções foram passadas para pasta da Economia, comandada por Paulo Guedes.

Em nota, o setor respondeu que: “As atribuições da Secretaria de Gestão de Pessoas (SGP) serão mantidas pelo Ministério da Economia. Em relação ao status do processo interno, o ministério não se manifesta sobre o que ainda está em andamento”.

________________________________________________________________________________

'Pedido de concurso INSS continua em análise', confirma Ministério 

27/12 - Boa notícia para quem deseja ingressar no Instituto Nacional do Seguro Social: o pedido para autorização do concurso INSS, com 7.888 vagas, continua em análise no Ministério do Planejamento. A confirmação é do Ministério de Desenvolvimento Social (MDS), ao qual o instituto é vinculado.

Em nota enviada à FOLHA DIRIGIDA, a Assessoria de Imprensa da pasta. responsável por encaminhar as solicitações de novos concursos para o instituto, reafirmou:

“A solicitação de concurso para o INSS continua em análise no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão”.

No dia 17 de dezembro, o Ministério do Planejamento arquivou dezenas de pedidos de concursos federais , que foram realizados em 2017. Um dos órgãos que recebeu a negativa foi o INSS.

A Assessoria de Imprensa da autarquia, no entanto, esclareceu que foi arquivado apenas o pedido de convocação de excedentes do concurso de 2015, com validade encerrada em agosto. A solicitação para abertura de uma nova seleção permanece em trâmite no Planejamento.

“O INSS Informa que o Ofício enviado pelo MDS foi um encaminhamento da nota técnica do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, indeferindo o pedido do INSS de aditivo de vagas do concurso público regido pelo Edital nº1/2015, que à época estava vigente. Quanto ao pedido do um novo concurso público feito na PLOA 2019, o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, ainda não se manifestou”.

PLOA 2019 prevê recursos para concurso INSS

Aprovado pelo Congresso Nacional em meados de dezembro, o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2019 tem reserva de recursos para inscrição  em concurso e processo seletivo na seguridade social.

No texto há uma previsão de receita de R$10.745.945 para inscrição em concursos públicos ou processos seletivos. Esse valor está dentre as despesas do Orçamento da Seguridade Social.

Procurada pela reportagem da FOLHA DIRIGIDA, a Assessoria de Imprensa da pasta não con􀃒rmou se essa verba seria destinada ao novo concurso INSS.

A PLOA 2019 ainda precisa ser sancionada pelo presidente. Caso o texto seja aprovado sem vetos, o concurso INSS estará mais próximo, já que há reserva de receita com taxas de inscrição desse concurso. Para que a seleção aconteça, entretanto, ainda será necessária uma autorização do Ministério do Planejamento.

___________________________________________________________________________________________

FONTE: FOLHA DIRIGIDA 

 

Nome:
Senha:
 
 

DEMSUR LANÇARÁ CONCURSO PARA 52 VAGAS P/ TODOS OS NÍVE

TJ RJ tem novo concurso em pauta para 2019